Parabadminton

Por: Marta Lopes (técnica da Seleção Brasileira de Parabadminton 2018-19)

 

Como é disputado

O parabadminton é um esporte jogado com raquete e peteca que, em seu formato paralímpico, é praticado por atletas com deficiência física. No entanto, também é praticado por atletas com deficiência intelectual e surdos. 


A modalidade é disputada em uma quadra retangular e suas dimensões podem variar de acordo com as classes. 


O jogo é disputado em melhor de 3 games de 21 pontos, vence quem ganhar 2 games. Para se fazer o ponto é necessário que a peteca toque o chão da quadra do adversário ou que ele cometa um erro, como jogar a peteca para fora da quadra. Muitas pessoas comparam o badminton/parabadminton ao xadrez, por exigir jogadas estratégicas e alto grau de concentração. 

Quem pode praticar?

 

Amputadosparalisados cerebraislesados medulares, entre outras deficiências físicas.

 

A classificação na modalidade

O esporte possui 6 divisões de classes:

  • WH1 e WH2 - cadeirantes

  • SL3 e SL4 - andantes com comprometimento do(s) membro(s) inferior(es)

  • SU5 - andante com comprometimento do(s) membro(s) superior(es)

  • SH6 - baixa estatura

Existem 5 formas de disputas: simples (individual) masculina/feminina, duplas masculina/feminina e dupla mista. Algumas duplas são formadas por atletas de classes diferentes, com exceção da SH6 que, oficialmente, não forma dupla com nenhuma outra classe.

Nas 3 classes mais baixas (maior comprometimento), os jogos de simples são disputados em meia-quadra.

Quadra de simples

WH1 e WH2

Quadra de simples

SL3

WH simples.jpg
legenda badminton.png
SL3 simples.jpg
Descrição da Modalidade

Gasto Calórico

Impacto

Contato entre Competidores

Nos jogos de duplas WH1 e WH2 usa-se a quadra toda, mas a área da rede é uma zona morta.

Quadra de duplas

WH1 e WH2

WH duplas.jpg
legenda badminton.png

Nas 3 classes mais altas (menor comprometimento), as dimensões da quadra e as regras são iguais ao convencional. A SL3 faz junção de classe com a SL4 nas duplas e com a SU5 nas duplas mistas.

Quadra de simples

SL4, SU5 e SH6

Quadra de duplas

SL3, SL4, SU5 e SH6

SL4 SU5 SH6 simples.jpg
legenda badminton.png
SL3 SL4 SU5 SH6 duplas.jpg

Em todas as partidas de duplas, e nas 3 classes mais altas, o serviço é sempre feito de forma cruzada.

A modalidade no Brasil

O parabadminton é gerido nacionalmente pela Confederação Brasileira de Badminton (CBBd). Mais informações em www.badminton.org.br.

 

O Parabadminton Brasileiro nos Jogos Paralímpicos

 

A modalidade fará sua estreia em Jogos Paralímpicos em Tóquio, Japão, em 2021.

Regras Oficiais (em inglês) - clique aqui